quinta-feira, 24 de novembro de 2011

SOM POP E A MÁSCARA DO KISS




Numa dada manhã modorrenta em mil novecentos e oitenta e nada eu aprendia as regras da potenciação quando chegou o bilhete. Desdobrei o papelzinho amarrotado e me deparei com a esquisita caligrafia arredondada de Paragua. Dizia simplesmente assim: “eles tiraram a máscara”. Se um bilhete assim tivesse chegado a mim hoje, eu nem entenderia. Quem tirou a máscara? Mas naqueles anos, eu sabia muito bem. Meu coração disparou e a cabeça começou a rodar. O segredo mais bem guardado do Rock and roll (R &R) havia sido revelado. O Kiss tirou a máscara.
            Na saída da escola, a molecada em roda discutia a novidade. Um cara disse que ligou para o tio dele que morava nos EUA e o tio havia dito que tinha visto a foto do Kiss sem máscara. Que injustiça! Como é que um cara velho que nem curte um R & R conhecia o rosto do Kiss e eu não? Fui embora contrariado. Em casa, almoçando em frente à TV, meu coração dispara de novo. “Não perca neste sábado no Som pop, o novo clip dos ex-mascarados do Kiss”. Era quarta, e até o próximo sábado, não conseguiria pensar em mais nada. Arrastei os dias e as horas. Minha mãe percebeu meu estado alterado. “Porque você está tão agitado, ansioso?”. Ela não entenderia. O Kiss havia tirado a máscara e eu só veria seus rostos no sábado. Eis que o sábado chegou. Éramos uns dez moleques reunidos para ver o “clip dos ex-mascarados do Kiss”. Exultantes, ouvimos pela primeira vez “Lick it up”. Obviamente, o tão aguardado vídeo foi o último do programa que, ao acabar, dispersou minha ansiedade.

            Então estamos em novembro de dois mil e onze. Artigos científicos, relatórios e capítulos de livros para preparar. Teses, dissertações, trabalhos de conclusão de curso e provas para corrigir. Pintura e conserto das portas e vitrôs do apartamento. Presentes de final de ano. A ceia de natal e o Reveillon. Esticar o 13º salário. Revisão no carro. Final do campeonato brasileiro. Duzentas mil coisas na cabeça ao mesmo tempo. Duzentas mil preocupações e eu me pergunto: que horas vai acabar esse Som pop?

3 comentários:

  1. Uhuuuuullllll, let´s rock an roll!!!
    Andrea Carrara

    ResponderExcluir
  2. Rô quanto maior o poder maior a responsabilidade já dizia o homem aranha

    ResponderExcluir